A QUARESMA.

Quaresma é a denominação do lapso temporal de quarenta dias que antecedem a principal celebração do cristianismo: a ressurreição de Jesus Cristo, comemorada no domingo de Páscoa.

A Quaresma começa na quarta-feira de cinzas e termina na quinta-feira da Semana Santa, quando os católicos realizam a preparação para a Páscoa. A época quaresmal é reservado para a reflexão, a conversão espiritual e onde os cristãos se recolhem em oração e penitência para preparar seu espírito. Esta etapa fomenta o exercício do jejum, abstinência de carne, caridade e orações.

Durante a Quaresma a Igreja veste seus ministros com vestimentas de cor roxa, que simboliza tristeza e dor. A quarta feira de cinzas é um dia usado para lembrar o fim da própria mortalidade. É costume serem feitas missas onde os fiéis são marcados na testa com cinzas. Essa marca normalmente permanece na testa até o pôr do sol. Esse simbolismo faz parte da tradição demonstrada na Bíblia, onde vários personagens jogavam cinzas nas suas cabeças como uma prova de arrependimento, também, como prova do seu desgosto.

Muitas pessoas se perguntam sobre o porquê da Quaresma ser um período de 40 dias. Na Bíblia, o número quarenta é bastante comum: 40 dias de dilúvio, quarenta anos do povo de Deus no deserto, quarenta dias de Elias e Moisés na montanha, 40 dias de Jesus no deserto antes de começar o seu ministério, 400 anos de opressão do povo de Deus pelos egípcios, etc.

Cerca de duzentos anos após o nascimento de Cristo, os cristãos começaram a preparar a festa da Páscoa com três dias de oração, meditação e jejum. Por volta do ano 350 d.C. A Igreja aumentou o tempo de preparação para quarenta dias e foi assim que surgiu a Quaresma.

O Tempo da Quaresma é o período do ano litúrgico que antecede a páscoa sendo celebrado por algumas igrejas cristãs dentre as quais a Católica, a Ortodoxa a Anglicana  a Luterana.

A expressão Quaresma é originária do latim quadragésima dies (quadragésimo dia). O adjetivo referente a este período é dito quaresmal ou, mais raro, quadragesimal.

Em diversas denominações cristãs, o Ciclo Pascal compreende três tempos: preparação, celebração e prolongamento. A Quaresma insere-se no período de preparação.

Os serviços religiosos desse tempo intentam a preparação da comunidade de fiéis para a celebração da festa pascal que comemora a ressurreição e a vitória de Cristo depois dos seus sofrimentos e morte, conforme narrados nos Evangelhos.

A separação do Carnaval e o período da Quaresma inspira um vasto grupo de tradições folclóricas algumas oriundas de ritos anteriores ao cristianismo referentes ao pouso do inverno e do posterior renascimento primaveril da terra, no hemisfério norte.

 

Pesquisa e Redação

Dr. Antônio Pereira dos Anjos

COMPARTILHAR