Domingos Montagner morre após mergulho no Rio São Francisco

Domingos Montagner interpreta Santo em "Velho Chico", novela da Globo/Gshow

Luto na TV brasileira

Domingos Montagner, que interpreta Santo na novela “Velho Chico”, da Globo, está desaparecido no rio São Francisco. A polícia da cidade de Canindé de São Francisco, no Sergipe, está procurando o ator há aproximadamente uma hora na região nesta quinta-feira (15).

Segundo informações preliminares, o ator teria saído para tomar banho no rio São Francisco, em uma localidade chamada prainha de Canindé do São Francisco, no município de mesmo nome, e desapareceu.

Segundo a polícia, o desaparecimento ocorreu por volta das 14h30 e mobiliza bombeiros, policiais e pescadores de Sergipe e Alagoas, já que o rio faz divisa entre os dois estados.

“O local do desaparecimento foi o pior lugar para se tomar banho. Ali há um desencontro das águas e formam-se redemoinhos. Realmente é onde o rio é mais complicado, há vários retornos da água” contou o soldado Carlos Santos, da PM de Sergipe e que faz buscas no local.

Em comunicado oficial, a Globo informou que a atriz Camila Pitanga estava no local e, ao notar que o colega não retornava, avisou a produção, que iniciou imediatamente as buscas pelo ator. “Helicópteros do Grupamento Tático Aéreo, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e pescadores da região estão ajudando nas buscas, mas até o momento o ator continua desaparecido”, informou a emissora.

Notícia atualizada as 18:30 por Redação Alto Sertão.com.br

O ator Domingos Montagner, que interpretava Santo em “Velho Chico”, morreu afogado aos 54 anos nesta quinta-feira (15), informou a TV Globo. O ator estava desaparecido após um mergulho no rio São Francisco na cidade de Canindé de São Francisco desde 14h30 desta tarde. As equipes de busca encontraram o corpo do ator preso nas pedras a 30 metros de profundidade, perto da Usina de Xingó, em Sergipe. Segundo informações da emissora, ele gravou cenas da novela pela manhã e em seguida entrou no rio.

Ele estava acompanhado da atriz Camila Pitanga, que ao notar que o colega não retornava, avisou a produção, que iniciou imediatamente as buscas pelo ator. Segundo o delegado de Canindé, Antônio Francisco Oliveira Filho, Pitanga revelou em depoimento que ela e Montagner estavam de folga das gravações e, depois de almoçar, resolveram mergulhar no rio, num local conhecido como prainha do Canindé.

“Os dois entraram na água e a correnteza ficou forte de repente. Camila nadou rápido e conseguiu abraçar uma pedra. Ela chegou ver o Domingos nadar contra a correnteza, mas ele cansou e afundou,” disse o delegado ao UOL.

Oliveira Filho também ouviu depoimentos de dois pescadores, que estavam próximos dos atores e foram os primeiros a prestar socorro. Ele confirmou que a região não é apropriada para banho, mas que não há placa de aviso no local. “Não existe placa alertando contra o banho porque todo mundo que mora aqui sabe que é perigoso e também avisa aos turistas”, explicou o delegado, há nove anos da região.

“O local do desaparecimento foi o pior lugar para se tomar banho. Ali há um encontro das águas e formam-se redemoinhos. Realmente é onde o rio é mais complicado, há vários retornos da água” contou o soldado Carlos Santos, da PM de Sergipe e que faz buscas no local.

Um funcionário do restaurante Caçuá, bem próximo de onde os atores estavam, contou ao UOL que ouviu os gritos de socorro da atriz Camila Pitanga. “Primeiro achamos que era alguma gravação da novela. Só demos conta quando ouvimos os gritos de socorro da Camila. Ela estava chorando e desesperada”, explicou ele.

UOL

COMPARTILHAR