Blindado vibra com título do M-1: “Tirei a fama de que brasileiro só apanha na Rússia”

Algoz do então invicto Artem Frolov, derrotado por nocaute técnico, paraibano, natural da cidade de Cajazeiras, sonha entrar no UFC após conquista de cinturão do evento russo.

Bruno “Blindado” Silva anotou a terceira vitória consecutiva em eventos internacionais ao bater Artem Frolov por nocaute técnico, no quarto round, pelo M-1 Challenge 98, e conquistou o cinturão do peso-médio, na última sexta-feira.

O atleta da Evolução Thai, que até novembro de 2017 atuava em organizações nacionais, conta que teve receio de atuar na Rússia, onde estreou em fevereiro deste ano, mas mostrou que os brasileiros são capazes de vencerem os anfitriões, temidos não só pela qualidade técnica, como também pelas arbitragens suspeitas.

– Minha vida mudou, sou mais respeitado. Tenho o Brasil como meu país, e a Rússia como um país que me respeita. Muitos lá me odeiam, mas muitos gostam de mim, enviam mensagens. A minha vida mudou financeiramente, como atleta e como pessoa. Servi de motivação para muita gente, mostrei o caminho para vencer na Rússia e tirei a fama de que o brasileiro só apanha na Rússia. Estou muito feliz, mudou muito a minha vida mesmo – declarou ao Combate.com.

 

Combate.com

COMPARTILHAR