Cartaxo nega ataques a Cássio e Maranhão em carta

Cartaxo fala sobre desistência de concorrer ao governo (Foto: Nice Almeida/Portal Correio)

O prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PSD) negou que tenha mandado recado a políticos como Cássio Cunha Lima (PSDB) e José Maranhão (MDB). Ele fez uma entrevista coletiva no começo da tarde desta quinta-feira (1º) para detalhar informações da desistência de concorrer ao governo da Paraíba e esclareceu que se trata de uma decisão “irreversível”.

Na carta em que explica essa desistência, ele diz: “Em tempos marcados pelo excesso de individualismo e a falta de bons propósitos, avançarei me distanciando, como sempre, da política antiga – e vencida – que busca colocar os interesses pessoais acima das causas coletivas. A mesquinhez do carreirismo não tem lugar ao meu lado, nem será capaz de fazer curvar minha cabeça erguida, ou ameaçar a minha paz de consciência. Devo isso aos meus pais, como legado”. Apesar disso, ele negou que seja um recado.

Cartaxo disse que tomou uma decisão pessoal e que nunca impôs o nome dele como candidato ao governo. “Não saio com mágoa. Saio feliz. Foi uma decisão madura cuidadosamente pensada. Refleti muito nesse período”.

O prefeito de João Pessoa reforçou que segue engajado com a gestão da Capital e não revelou se vai permanecer na oposição ao governo, se planeja trocar de partido ou se vai apoiar algum candidato.

 

Portal Alto Sertão com  Portal Correio

COMPARTILHAR