Daniella põe fim ao suspense e decide compor chapa de Lucélio Cartaxo

Deputada estadual Daniella Ribeiro (PP)

Uma entrevista coletiva na manhã de hoje em João Pessoa deverá selar o lançamento da pré-candidatura da deputada estadual Daniella Ribeiro (PP) ao Senado. Ela vai integrar a chapa encabeçada por Lucélio Cartaxo (PV) ao governo, fazendo dobradinha com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), que concorre à reeleição. A definição ocorreu, ontem, em meio a uma maratona de reuniões. Com isso, a deputada põe fim a especulações que pipocaram na mídia e nos meios políticos.

Ela foi cortejada, praticamente, pelas principais chapas que concorrerão ao governo do Estado, a exemplo da que é encabeçada pelo senador José Maranhão (MDB), de Lucélio e até mesmo de do pré-candidato do PSB, João Azevedo, através de emissários. Os rumores sobre uma possível aliança com o esquema governista estadual ganharam força após uma audiência de Daniella com o governador Ricardo Coutinho na Granja Santana, a pretexto de debater a onda de violência no Estado. Embora a parlamentar tenha dito que a audiência foi meramente institucional e que permanecia no campo das oposições, não cessaram os boatos e nem mesmo as gestões para atraí-la para reforçar o esquema de Azevedo.

Hoje, também, João Azevedo deverá anunciar o nome para a vice-governança, e há muita expectativa diante da postulação do ex-senador Efraim Morais, presidente do Democratas, para ser o escolhido, invocando o potencial da legenda em municípios do interior, situados em regiões estratégicas. O governador Ricardo Coutinho, que conduz nos bastidores os entendimentos relativos à campanha de João Azevedo, em nenhum momento confirmou a chance de o DEM vir a figurar na vice, e tem elencado critérios rigorosos a serem observados quando o martelo for batido. Irmã do deputado federal Aguinaldo Ribeiro, que é líder do governo Temer na Câmara e filha do presidente estadual do PP, Enivaldo Ribeiro, que é vice-prefeito de Campina Grande na gestão titulada por Romero Rodrigues, Daniella é considerada uma parlamentar combativa, que aborda temas polêmicos com destemor na tribuna da Assembleia Legislativa. Ela já foi candidata a prefeita de Campina Grande, mas divisões nas alianças políticas locais prejudicaram a sua ascensão.

Na Casa de Epitácio Pessoa, Daniella coordena uma Frente em Defesa das Mulheres, abordando questões candentes como a violência sexual cujos casos têm recrudescido em localidades da Paraíba. Mas, como ela mesma explicou, sua pauta de atuação é abrangente e diversificada, acolhendo temas gerais de interesse público, a exemplo da Segurança Pública. A deputada obstinou-se, este ano, em ser candidata ao Senado e passou da intenção às atitudes, participando ativamente de conversações que resultaram, agora, na sagração do seu nome na chapa de Lucélio Cartaxo.

 

Fonte/Nonato Guedes

 

COMPARTILHAR