Flávio Araújo tem dor de cabeça para escalar o Treze para a final

Flávio Araújo

Após a ressaca da derrota por 3 a 0 para o Ferroviário no primeiro jogo válido pela final da Série D do Campeonato Brasileiro, o elenco do Treze se reapresentou na tarde dessa quarta-feira para iniciar os treinamentos para tentar reverter a vantagem construída pelos cearenses. As atividades têm, no entanto, algumas peculiaridades para o treinador Flávio Araújo. Isto porque, além de tentar corrigir os erros diagnosticados na derrota da última segunda-feira, o técnico precisa solucionar o problema com os quatro importantes desfalques para a partida deste sábado.

Expulso durante o jogo de ida, o lateral-esquerdo Silva está fora dos planos do Galo. Outros dois atletas também estão fora do quebra-cabeça que Flávio Araújo deverá montar. O zagueiro ítalo e o atacante Ceará, peça chave no esquema ofensivo e de velocidade do Treze, ficam fora da partida já que vão cumprir suspensão automática pelo acúmulo de cartões amarelos. Por fim, Maxuell Samurai, arma no ataque galista, realizou uma artroscopia nos dois joelhos e não participou do primeiro jogo, nem é opção para o segundo.

Para as vagas, Flávio Araújo deve avaliar a evolução de Zé Carlos, lateral-esquerdo, que substituiu Silva em todas as oportunidades em que o titular não pode atuar. Já a vaga de Ítalo, titular absoluto durante a campanha, é incerta. O treinador tem a opção de Brumati, que já atuou na campanha na vaga do titular Nilson Júnior. Já no ataque, a dúvida é mais cruel.

A baixa de Samurai dá lugar a Leandro Love. A dúvida maior é sobre a vaga deixada por Ceará. Desde que assumiu a titularidade no jogo contra o Santa Rita na quinta rodada da primeira fase, o atacante é uma das principais peças do time na campanha que colocou o alvinegro na Série C de 2019. Para a vaga, Flávio tem como opção os atacantes Julio Barboza, Hugo Freitas e Watson.

Flávio precisa montar o time até o próximo sábado, data que o Galo recebe o Ferroviário para a segunda partida da decisão do título da Série D. O jogo será no Estádio Amigão, às 16h30, em Campina Grande.

Preço dos ingressos

O time contará com o reforço da torcida para a segunda partida na tentativa de reverter a vantagem do Tubarão da Barra. Nesta quarta-feira, a diretoria alvinegra divulgou o preço dos ingressos e a logística de vendas para o jogo deste sábado. Os valores foram fixados em R$ 30, na arquibancada geral; R$50 na arquibancada sombra; e R$ 100 nas cadeiras. Estudantes e idosos terão o direito da meia entrada respeitados com a apresentação de documentos comprobatórios. Enquanto crianças de até 10 anos terão entrada gratuita.

Por GloboEsporte.com, Campina Grande

COMPARTILHAR