Grupo de vascaínos protesta e atira ovos e garrafas na entrada de São Januário

A manhã de segunda-feira começou com princípio de confusão em São Januário. Antes de uma reunião prevista do Conselho de Beneméritos do clube, torcedores protestaram contra o momento ruim do futebol do clube.

Ovos e garrafas foram tacados na fachada do clube, que também foi pichada pedindo a saída do presidente, Alexandre Campello, e o do presidente do Conselho Deliberativo, Roberto Monteiro. A polícia entrou em ação para afastar o grupo disparando tiros de balas de borracha.

Em dado momento dois carros saíram de São Januário e os manifestantes identificaram como sendo de políticos do clube. Segundo policiais, se tratava de Alexandre Campello.

Dois carros de polícia estão no local. Eram cerca de 20 torcedores no entorno da sede. Após a derrota para o Vitória em Salvador, o Vasco desembarca no Rio ainda nesta tarde. Só treinará nesta terça-feira.

 

Globoesporte.com

COMPARTILHAR