Isolado, José Mayer não comenta demissão da Globo: “Prefiro o silêncio”

O ator José Mayer Imagem: Divulgação

Duas semanas antes das festas de fim de ano, José Mayer viajou para Araras, na região serrana do Rio, onde tem um sitio. Foi lá que o ator escolheu se isolar depois que foi avisado pela direção da Globo que seu contrato seria rescindido no final de 2018, após 35 anos de casa.

As duas partes optaram por não anunciar a decisão para não arranhar ainda mais a imagem de José Mayer, afastado da emissora desde 2017. Ao final de “A Lei do Amor”, novela das 21h, o ator foi acusado de assédio sexual por uma figurinista da casa, Su Tonani. A princípio, ele negou, mas depois admitiu o assédio e pediu desculpas. A figurinista decidiu não levar o caso adiante e a polícia do Rio de Janeiro encerrou as apurações.

O isolamento de Mayer acabou preocupando amigos que acharam que a nova crise de depressão seria ainda reflexo do afastamento do trabalho. Eles não sabiam da demissão e acabaram se mobilizando para pedir o seu retorno. Aguinaldo Silva foi o único que se manifestou nas redes sociais a favor de sua volta –até acenou com a possibilidade de um personagem em ” O Sétimo Guardião”, mas um grupo de atores já ensaiavam também um pedido coletivo por Mayer àdirecao da Globo.

“O Zé sabia que a situação dele era muito difícil. Em junho, a cúpula da emissora teve que acalmar os ânimos de algumas atrizes ate já escaladas de ‘O Sétimo Guardião’ depois que o autor anunciou o desejo de tê-lo na novela. Ele ficou mal quando soube dessa história, mas achava que, com o tempo, seria esquecida. As últimas noticias que temos dele é que está arrasado”, disse um amigo.

O UOL entrou em contato com José Mayer nesta terça (15), logo após a divulgação do comunicado da Globo informando sobre o desligamento. O ator, no entanto, não quis comentar: “No momento, prefiro manter o silêncio”.

 

Ana Cora Lima

Do UOL, no Rio

 

COMPARTILHAR