Missa de 7º dia da morte de Gabriel Diniz lota Catedral de João Pessoa

Foto: Bárbara Wanderley/Jornal CORREIO

A Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa, se encheu neste domingo (2) para mais uma homenagem ao cantor Gabriel Diniz e aos pilotos Abraão Farias e Linaldo Xavier, vítimas de acidente aéreo ocorrido na segunda-feira (27), em Sergipe. A missa de 7º dia foi celebrada pelo padre Luiz Carlos e reuniu, além de familiares e amigos, muitos admiradores do artista. Algumas pessoas precisaram ser acomodadas do lado de fora da igreja, que ficou lotada. Um telão foi instalado para que as pessoas conseguissem acompanhar melhor a celebração.

O pai de Gabriel, Cizinato Diniz, falou do sentimento da família passados sete dias da precoce partida de GD, como era conhecido o cantor. “Hoje o sentimento é de entrega final. Eu realmente estou entregando meu filho a Jesus”, disse.

Cizinato Diniz também agradeceu o carinho dos fãs e falou da comoção provocada pela morte do filho. “Sentir algo extraordinário por alguém que não é da sua família, que não é nada seu, para mim, é o que traduzo como o amor verdadeiro de Deus. Eu sinto que Gabriel recebeu muito desse amor e também deu esse amor para as pessoas”.

O padre Luiz Carlos comentou a importância da homenagem aos mortos no acidente. “É importante relembrar a memória deles e orar por suas almas, para que possam ter repouso e tranquilidade na casa de Deus. Quem parte, vive sua passagem da morte para a vida. A Igreja vive ainda a Páscoa do nosso Senhor Jesus Cristo, então falar nesse momento para familiares de Gabriel Diniz é falar, mais do que tudo, da ressurreição, a esperança que nutre da fé do coração dos cristãos numa vida após a morte”, explicou.

 

Portal Correio

COMPARTILHAR