Morre aos 5 anos Jamily, que lutava contra doença rara

Faleceu na tarde deste domingo (24), na cidade de Uiraúna, no Alto Sertão Paraibano, a garotinha Jamily Nadir Coelho. Ela tinha 5 anos de idade e sofria de uma doença diagnosticada de encefalopatia metabólica decorrente de Aciduria Glutárica tipo 1 (uma doença no metabolismo que acumula ácido glutárico na urina, plasma e tecidos do corpo).

Jamily ficou conhecida em todo estado, quando no início do ano de 2016, seu pai, o vendedor ambulante Flávio Coelho de Assis Ferreira, 36 anos, acorrentou-se em frente ao fórum da cidade de Uiraúna para pedir agilidade em uma ação judicial que garantia os medicamentos à menina. Ele também fez a mesma ação na porta da Nona Regional de Saúde, com sede em Cajazeiras.

Ao rádio Diário do Sertão, a mãe de Jamily, a senhora Gigliola Miranda disse que estava em casa, quando percebeu que criança vomitou e teria se sufocado. Ela ainda chamou o SAMU (Serviço de Unidade Móvel), porém ao chegar na residência a médica constatou o óbito da criancinha. “Ela vomitou, ficou sem ar, acho que broncoaspirou, não sei dizer ainda, que a médica ainda não deu o laudo ainda, porém falou algumas coisas, o que falei…”

Segundo a mãe, desde de quando a criança ficou sem o leite [que estava faltado] a menina emagreceu muito e seu estado de saúde se agravou. “Desde quando ela ficou sem o leite, ela emagreceu, ela vinha tendo uma série de vômitos, parava, às vezes tinha febre e aí voltavam os vômitos. O dia-a-dia dela estava sendo isso, levava para o hospital, trazia, e era isso”, finalizou.

 

uirauna.net

 

COMPARTILHAR