MP veta Silvio Porto, mas libera com restrições os outros estádios do Paraibano

Os estádios da Paraíba foram aprovados com restrições. Foi a resolução da reunião entre representantes da Comissão de Prevenção e Combate a Violência nos Estádios da Paraíba, clubes e Federação Paraibana de Futebol, que aconteceu na manhã desta quarta-feira, na sede do MP-Procon, em João Pessoa. A exceção fica por conta do Silvio Porto, em Guarabira, que está vetado.

No entanto, a Ministério Público espera que as praças esportivas se adequem às normas de segurança durante as disputas do Campeonato Paraibano.

O Sílvio Porto está vetado, pelo menos nesta primeira rodada. Então a sugestão dada na reunião, foi inverter o mando de campo com o Campinense na estreia do Paraibano. Como o Treze vai receber o Auto Esporte em Campina Grande no mesmo dia, a partida seria transferida para a próxima terça-feira.

Agora falta apenas a FPF se pronunciar oficialmente sobre o assunto para concretizar a mudança de datas na primeira rodada. Contudo, em uma entrevista à CBN João Pessoa, o presidente Amadeu Rodrigues afirmou que vai fazer segundo a sugestão do MP.

De acordo com o presidente da comissão e procurador de Justiça da Paraíba, Valberto Lira, a Polícia Militar vai redobrar o policiamento na região dos jogos. A ideia é que as partidas possam correr em segurança.

– Botafogo, Campinense e Treze vão ter que disponibilizar monitoramento de câmeras e catraca eletrônicas, pois sabem que, o Almeidão e Amigão com restrições tem capacidade para nove mil pessoas. Mas sabemos que quando eles jogam entre eles, dá muito mais gente – disse Valberto.

 

Por Larissa Keren, João Pessoa

Globoesporte/pb

COMPARTILHAR