Operação da PF apura fraudes a benefícios trabalhistas e da Previdência

Internet

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (18), a Operação Quimera X, para desarticular uma organização criminosa especializada em fraudes a benefícios trabalhistas e da Previdência Social.

De acordo com as investigações, os membros da quadrilha utilizavam documentos falsos para saques de precatórios e de saldos do FGTS, PIS, seguro desemprego e outros benefícios. A base da organização criminosa seria no Rio de Janeiro, mas foram constatadas ramificações na Paraíba, Rio Grande do Norte e Distrito Federal. Estima-se que a quadrilha tenha causado prejuízo de ao menos R$ 4 milhões aos cofres públicos.

As ações da Operação Quimera X acontecem em continuidade à Operação Belerofonte, da Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários da Superintendência Regional da Polícia Federal na Paraíba. Cerca de 40 policiais federais cumprem nove mandados de prisão temporária e outros nove de busca e apreensão. Todas as ordens judiciais foram expedidas pela 4ª Vara da Subseção Judiciária da Justiça Federal em Campina Grande.

A Polícia Federal não divulgou a identidade das pessoas investigadas.

 

Fonte/Portal Correio

 

COMPARTILHAR