Papa Francisco torna obrigatório bispos denunciarem abusos sexuais

CIDADE DO VATICANO – O Papa Francisco anunciou nesta quinta-feira, 9, normas mais rígidas que obrigam padres e religiosos a denunciar qualquer suspeita de abuso sexual ou assédio.

Todas as dioceses do mundo deverão ter um sistema acessível ao público para apresentar relatórios sobre as denúncias de potenciais casos de abuso sexual, que serão examinados em um prazo de 90 dias.

 

AFP

COMPARTILHAR