Poeta Ferreira Gullar morre aos 86 anos no Rio

O escritor Ferreira Gullar posa para fotógrafo durante entrevista em sua residência no bairro de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro (Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo/AE)

O poeta, escritor e teatrólogo maranhense Ferreira Gullar morreu neste domingo (4) no Rio, aos 86 anos. Gullar é um dos maiores autores brasileiros do século XX e foi eleito “imortal” da Academia Brasileira de Letras (ABL) em 2014, ocupando a cadeira nº 37.

Em nota, o hospital Copa D’Or, na Zona Sul do Rio, confirma a morte de Gullar, mas não diz tempo de internação ou causa da morte a pedido da família do escritor. Ainda não há informações sobre velório e enterro. Segundo o jornal “O Globo”, o escritor estava internado por complicações pulmonares e desenvolveu uma pneumonia.

Por G1

COMPARTILHAR