Prefeito lança Projeto Cantos que Educam e valoriza educação musical em Cajazeiras – PB

Ao som do Hino Nacional Brasileiro, da canção Asa Branca e do compositor alemão Ludwig van Beethoven, foi realizado, na manhã de hoje, o pontapé inicial da Escola de Música Santa Cecília, através do Projeto “Cantos que Educam”, da Secretaria de Educação de Cajazeiras, em parceria com a Secretaria de Cultura e Turismo. A solenidade de inauguração contou com as presenças do prefeito José Aldemir, da secretária de Educação, Tereza Cristina, do secretário de Cultura e Turismo, Ubiratan de Assis, e do ex-prefeito e ex-deputado estadual, Antônio Quirino de Moura. Os secretários de Comunicação, Jota França, e da Articulação Política, José Anchieta, também participaram do evento.

A Escola de Música Santa Cecília, comandada pelo maestro Francisco de Assis de Souza, começa com cerca de cem alunos, todos eles oriundos da rede municipal de ensino, de seis escolas diferentes. Segundo informações da secretária Tereza Cristina, as inscrições estão abertas para todos aqueles que queiram aulas de educação musical de flauta doce, violão, percussão, clarinete e brevemente saxofone.

O prefeito José Aldemir lembrou que as coisas não acontecem por acaso. “É preciso criar caminhos, identificar rotas e construir políticas arrojadas”, disse. “Meu propósito como prefeito é trabalhar e não pretendo fazer isso de forma isolada, mas com parcerias. Esse governo tem a marca do trabalho em equipe”, acrescentou, destacando o trabalho da secretária Tereza Cristina, do secretário Ubiratan de Assis e a competência do maestro Francisco de Assis de Souza.

A secretária Tereza Cristina ressaltou a importância de fazer uma conexão das aulas de música contextualizando com a proposta pedagógica da escola. Para isso, enfatizou, é necessário que os alunos tenham responsabilidade, disciplina, foco e compreensão de que para continuarem na escola de música precisarão ter boas notas em sala de aula. “Não é aula de música; é educação musical”, frisou. A secretária anunciou que este ano será apresentada a Fanfarra durante as festividades de aniversário de Cajazeiras, em agosto.

O secretário de Cultura e Turismo, Ubiratan de Assis, disse que a instalação da Escola de Música Santa Cecília é resultado de trabalho. “A cultura e a educação são irmãs gêmeas”, afirmou, lembrando que um trabalho como esse que vem sendo executado pela prefeitura, através da Secretaria de Educação, contribui para tirar as crianças do caminho das drogas. Muito emocionado, o ex-prefeito Antônio Quirino recordou que também contribuiu para a criação da Escola de Música quando esteve à frente do Executivo Municipal. “Daquela semente que plantamos, projetaram-se grandes músicos ainda hoje em atividade em todo o Brasil”, observou.

Já o maestro Francisco de Assis e Souza agradeceu à Prefeitura Municipal de Cajazeiras pelo apoio para a consolidação desse projeto. Professor e regente musical, Francisco de Assis tem vasto currículo na área, reconhecido até internacionalmente. Formado em Licenciatura Plena em Música, com habilitação em instrumentos de cordas, trabalhou por 11 anos para a Ceifar, instituição chancelada pelo governo da Bélgica, tem diversas apresentações em Salvador, na Bahia, trabalhou para a Ancilas do Menino Jesus, obra assistencial amparada pelo governo da Itália, e também como educador com apoio de ONGs da Alemanha. Sua atuação se destaca na formação musical de jovens e crianças. “O Projeto Cantos que Educam vem colaborar para que as crianças do município sejam cada dia mais protagonistas de sua própria história”, completou o maestro, que é funcionário efetivo da Prefeitura.

Redação/SECOM/CZ

Fotos/compartilhadas WhatsApp

Portal Alto Sertão.com.br- A noticia com responsabilidade

COMPARTILHAR