Secretário de Esportes rebate críticas ao gramado do Marizão, mas promete melhorias no local

Foto/Instagram do Sousa resistência 91

Um movimento independente de torcedores do Sousa fez uma postagem nas redes sociais repudiando o gramado do Estádio Antônio Mariz, o Marizão. Na publicação, os integrantes alegam que o “palco de tantas alegrias hoje está em total estado de abandono”. A Secretaria de Esportes de Sousa, no entanto, vai na contramão dessa crítica e discorda das palavras lançadas pela torcida alviverde. O secretário Delani Gledson Lopes falou com o GloboEsporte.com e disse que a situação da grama do estádio está dentro da normalidade e adiantou que o local será fechado, a partir da próxima segunda-feira, para os reparos necessários e anuais, a fim de ficar para o Campeonato Paraibano 2020.

Delani clareou dois pontos que podem sanar algumas interrogações para o torcedor sousense. O primeiro deles é sobre o prazo de retorno do Estádio Marizão, que vai ser fechado a partir da próxima segunda-feira para ajustes. Foi estipulado que o gramado – a prioridade nos reparos – esteja renovado dentro de um prazo entre 45 e 60 dias. Algumas exigências do Corpo de Bombeiros também devem ser atendidas. O segundo é que a prefeitura disponibilizou o campo de futebol José Edson, o Edilsão, inaugurado em agosto, para que o Sousa faça a sua preparação para a próxima temporada.

Na postagem do dia 15 de setembro, os torcedores protestam sobre uma insatisfação, de acordo com eles, já exposta em outros momentos. A súplica por melhorias parte da prontidão que eles esperam da Prefeitura Municipal de Sousa para que a principal praça esportiva da cidade esteja dentro dos conformes para o início da pré-temporada do Dinossauro para o estadual em 2020.

– Todos os anos é essa celeuma. E, em todos os anos, o Marizão é sempre um dos primeiros estádios a serem liberados. Já começaremos a trabalhar nesta próxima segunda-feira nos laudos de incêndio. Já chamamos o Corpo de Bombeiros. Já antecipamos tudo. Em novembro, queremos toda a documentação pronta. Está tudo dentro do planejamento e da normalidade da nossa secretaria – explicou o secretário de Esportes de Sousa.

Em campo, o planejamento do Sousa agora ganhou uma nova direção, já que a Copa do Sertão foi oficialmente cancelada. A primeira edição da competição, que envolveria oito times do Ceará, da Paraíba e de Pernambuco, foi adiada para o próximo ano após as desistências do Atlético de Cajazeiras e do Barbalha.

Até agora, o Dinossauro só anunciou Carlos Rabello como seu novo treinador para a temporada de 2020. A diretoria ainda não anunciou contratações de atletas para o clube alviverde para o próximo ano.

 

Por GloboEsporte.com — Sousa, PB

 

COMPARTILHAR