Suspeito de matar namorada cajazeirense com tiro no rosto vai a júri, em João Pessoa

O bacharel em direito, José Itamar de Lima Montenegro Júnior, principal suspeito de matar a namorada, também bacharel em direito, Érica Vanessa de Souza Lira, vai a júri popular nesta quinta-feira (9), no Tribunal de Júri, em João Pessoa, às 13h30. A vítima levou um tiro no rosto no dia 24 de abril de 2014, dentro do próprio apartamento, no bairro do Bessa, e morreu no dia 5 de maio, no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

O principal suspeito do crime foi preso no dia 29 de abril após se apresentar na Delegacia de Homicídios com um grupo de advogados para prestar depoimento sobre o caso. Segundo informações da Polícia Civil, após prestar esclarecimentos o mandado de prisão preventiva foi cumprido.

Érica Vanessa tinha 32 anos e estava no próprio apartamento quando foi atingida pelo disparo. O tiro entrou na região do nariz e se alojou na nuca. A vítima foi socorrida pela equipe do Samu e da Polícia Militar ainda consciente.

O suspeito está detido na sede do 5º Batalhão de Polícia Militar. Na época, a Polícia Civil informou que ele tem um histórico grande de violência contra mulheres, incluindo o estupro a uma menina de 12 anos.

 

G1 PB

COMPARTILHAR