TCE reprova contas de Damísio Mangueira, ex-prefeito de Triunfo

Divulgação

O Tribunal de Contas da Paraíba emitiu, nesta quarta-feira (30), um parecer contrário à aprovação das contas de 2013 do ex-prefeito de Triunfo, Damísio Mangueira da Silva, que recebeu um débito de R$ 548.584,40.

Damísio respondeu pelo registro não documentado de pagamentos de precatórios (mais de R$ 400 mil), gastos sem justificativa com serviços de arquitetura e percepção indevida de salários por alguns servidores. A decisão foi tomada conforme proposta do conselheiro substituto Renato Sérgio Santiago Melo, relator do processo, e cabe recurso.

Também foram reprovadas as contas de 2012 do ex-prefeito de Umbuzeiro, Antonio Fernandes de Lima, citado para a devolução de R$ 326.731,50 por despesas irregulares com transporte estudantil, conforme voto do relator Antonio Cláudio Silva Santos. Também cabe recurso. O prefeito de Água Branca, Everton Firmino Batista, teve as contas de 2017 aprovadas pelo Tribunal.

 

Portal Alto Sertão com Assessoria

COMPARTILHAR