Vereadora de JP critica deputada que quer acabar com leitura bíblica na ALPB

A vereadora Eliza Virgínia (PP) teceu severos comentários com relação a deputada estadual Estela Bezerra, do PSB. É que Estela propôs algumas mudanças que vão de encontro ao regimento interno da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) o que, na opinião de Eliza, é uma atitude hipócrita.

A deputada sugeriu que, na prática, nos dias em que fossem lidos textos ou versículos bíblicos, na abertura dos trabalhos legislativos, também abrissem espaços para que outras religiões pudessem ter suas leituras, isto é, uma variedade na representação de outras crenças religiosas.

Eliza disse que Estela já frequentou a mesma igreja que ela, inclusive, usando determinados trajes.

“Na minha igreja, ela foi vestida com sainha, um vestidinho lindo. Toda ‘santinha’, com a bíblia debaixo do braço, quer dizer, hipócrita é ela. A deputada quer retirar a leitura do texto bíblico, mas na hora de ganhar votos, está com a bíblia debaixo dos braços”, criticou Virgínia.

Ela ainda disparou, dizendo que ela Estela Bezerra era uma “calvariana”, fazendo menção às pessoas que estão sendo investigadas na Operação Calvário.

 

Paraibaonline

COMPARTILHAR