Entrevista Reprise: Após 22 anos, Wilton Moreno volta à Cajazeiras para jogo festivo- Veja Vídeo

Wilton Moreno/Foto Beto Cézar- Portal Alto Sertão

Desde que deixou Cajazeiras no Alto sertão paraibano, indo morar inicialmente em Santos e depois mudando-se para o Guarujá no litoral paulista, Wilton Moreno é considerado, ao lado de Perpetuo, os dois maiores craques na Historia do futebol de Cajazeiras. Após 22 anos ausente ele volta à sua terra natal para ser homenageado em jogo festivo, entre amigos e ex-jogadores do passado. O craque do passado relata fatos históricos a nossa reportagem, na entrevista da semana.

A Entrevista:

Estádio Higino Pires Ferreira?- onde tudo começou

O craque do passado recorda com muita emoção o palco que li revelou para o futebol da Paraíba entre as décadas de 80 e 90, Wilton diz que o Estádio Higino Pires Ferreira, foi onde tudo começou e  associa sua carreira ao time do Caranguejo de Zé de Sousa, o velho Dadá.

Duque de Caxias o Verdão Maravilha?- faz parte da minha vida

Wilton relembra sua trajetória memorável no time do seu coração, o Duque de Caxias, que para ele foi o trampolim na evolução do profissionalismo no futebol de Cajazeiras. Por tudo isto o Duque faz parte da minha carreira futebolística.

Mágoas de alguém?- ele responde, apenas de um determinado grupo na diretoria do Atlético

Perguntado sobre mágoas  durante a carreira de jogador, Wilton cita apenas um determinado grupo dentro do Atlético, mas o clube e o futebol de Cajazeiras é muito maior do que estas pessoas. Já perdoei à todos.

Família?- é a estrutura de tudo, a base

Dentro da família você agrega tantas coisas importantes, o meu pai, João Moreno já falecido foi um mito para mim.

Arrependimento?

Wilton diz que se arrepende de não ter a mentalidade que tem hoje, na minha época era muito mais difícil até para se ganhar dinheiro, mas eu tinha o dom do futebol dado por Deus, só que a cabeça não funcionava com a mesma sintonia das pernas.

Bebida e futebol ?

A cerveja fazia parte do meu cotidiano, mas eu respeitava o horário de trabalho, quando chegava dentro de campo, dava de conta do recado e garantia o bicho dos meus colegas com vitórias.

Quem foi melhor Wilton ou Perpétuo?

Para o Wilton sem sombras de dúvidas , Perpétuo atingiu a perfeição e será eternamente não só o melhor jogador de Cajazeiras, como também da Paraíba. Ele se emociona em dizer que começou ao lado de Peto recebendo a primeira chuteira do saudoso craque.

Como vive Wilton no interior de São Paulo na atualidade?

Hoje sou zelador de condomínio no Guarujá, me estabilizei onde tenho filhos, onze netos e sou um cara folgado naquilo que faço. Graças a Deus com uma boa remuneração, amo a minha esposa, e a cidade do Guarujá é tudo aquilo que deixei para trás, é a minha segunda Cajazeiras.

Wiltom um

Fotos/ Portal Alto Sertão.com.br
Fotos/ Portal Alto Sertão.com.br

Portal Alto Sertão.com.br- A notícia com responsabilidade

Por

Redação-18 de agosto de 2016

 

COMPARTILHAR