Atlético inicia semana de preparação para estreia em competição nacional, após 13 anos

Registro da última partida do Atlético em uma competição nacional, contra o Bahia, na antiga Fonte Nova. (Foto: Blog voudekombi)

Após 13 anos, o Atlético de Cajazeiras-PB enfim voltará a disputar uma competição nacional. Beneficiado pelo 3° lugar no estadual de 2019, o Trovão Azul garantiu o direito de disputar a Série D do Campeonato Brasileiro de 2020, onde fará sua estreia no domingo dia 20/09 as 16h, contra a equipe do Globo-RN, no estádio Perpetão em Cajazeiras. A última partida do clube sertanejo em uma competição nacional foi no dia 02/09/2007, onde enfrentou a equipe do Bahia, na Fonte Nova, partida realizada pela Série C, quando esta ainda era a última divisão do futebol nacional. Na ocasião, o Atlético saiu derrotado por 3×1, sendo eliminado da competição ainda na segunda fase.

O time esteve escalado assim naquela oportunidade.

Atlético de Cajazeiras (PB)
Bel; Joãozinho, Netinho, Rogério e Ivanildo; Welson(Tiago), Nino, Kel e Betinho(Charles); Marcelo Santos e Júnior Mineiro.
Técnico: Reginaldo Sousa.

Público da partida: 22.407 pagantes.

Engana-se quem pensa que o Trovão entrará na competição apenas para participar. Após perder a vaga nas semifinais do estadual desse ano, e consequentemente perder a chance de garantir novamente uma vaga na série D de 2021, a única maneira do clube ter calendário completo no ano que vem é conseguindo o acesso a terceira divisão nacional nesta temporada, e foi para isso que o clube se preparou. O Atlético está no grupo A3, grupo esse que é considerado um dos mais difíceis da competição, que também é composto por: Afogados-PE, América-RN, Campinense-PB, Floresta-CE, Globo-RN, Salgueiro-PE e Guarany de Sobral-CE. Sendo que grande parte dessas equipes figuraram nos últimos anos na Série C e até na Série B, que é o caso do América-RN.

Apesar do alto nível do grupo, diretoria e comissão técnica garantem que o objetivo do time é o acesso. Para que isso ocorra é necessário ficar entre os 4 primeiros da chave, e logo em seguida passar por 3 mata-matas. Tarefa bastante difícil, mas não impossível para os comandados de Ederson Araújo, que chega ao 4° ano no comando da equipe em busca de se firmar de vez como um dos treinadores promissores do futebol nordestino. O treinador recebeu alguns bons reforços para a disputa do Campeonato Nacional, como a volta do artilheiro Bruno Gonçalves, que estava no Oeste-SP, o meia Enercino, ex Botafogo-PB, os volantes Peu, ex Campinense e Patrick, ex Nacional de Patos-PB, além do lateral direito Iranilson, destaque do Sousa no Campeonato Paraibano desse ano.

A preparação para a estreia no próximo domingo, envolveu muitas semanas de treinamentos intensos, já que a equipe teve como teste apenas o amistoso de 55 minutos contra o Egídio FC, da cidade de Bernardino Batista, onde empatou por 0x0. A tendência é que o Atlético vá a campo domingo com a seguinte formação: Ariel, Iranilson, Wesley, Jéferson, Guilherme (Davi), Jean, Patrick (Peu), Enercino, Mendes, Pachu (Paulinho), Bruno Gonçalves.

Confira abaixo um Raio X sobre como estão os rivais do Atlético no grupo A3

Afogados-PE:

Clube do sertão pernambucano que apareceu no cenário nacional esse ano após surpreender e eliminar o Atlético-MG da Copa do Brasil. 4º colocado no estadual e comandado pelo treinador Adelmo Soares, o clube correu ao mercado para contratar reforços, após perder recentemente 5 atletas, sendo 3 considerados titulares absolutos, e vem como uma incógnita para a Série D.

América-RN:

Apesar de ser um dos mais cotados para conseguir a classificação, e até o acesso, o clube começa a Série D pressionado, em virtude da perda do título potiguar para seu maior rival, o ABC e eliminação na Copa do Brasil para o Juventude. Comandado pelo treinador Paulinho Kobayashi, o Mecão luta para sair da ultima divisão do futebol brasileiro, depois de passar anos disputando Series B e C, e até Série A em uma oportunidade no ano de 2007.

Campinense

Vice Campeão paraibano, a raposa chega totalmente reformulada para disputa da Série D. O clube contratou cerca de 15 jogadores, dentre eles o polêmico atacante Jobson, ex Botafogo-RJ, e para o comando técnico trouxe Givanildo Sales, que comandou o Sousa no Campeonato Paraibano, levando o dinossauro as semifinais. O destaque da equipe foi a manutenção do atacante Rafael Ibiapino, artilheiro do paraibano e principal esperança de gols da equipe para a Série D.

Floresta-CE:

O time cearense vem bastante pressionado para o Campeonato Nacional. Foi rebaixado no estadual e não joga partidas oficiais desde 26 de janeiro. A equipe trata a Série D como a chance de salvar a temporada, e é comandada por Leston Júnior, treinador que teve passagens recentes por equipes como Botafogo-PB e  Santa Cruz-PE.

Globo-RN

A jovem equipe do Rio Grande do Norte, inicia a Série D com confiança. Classificada para a Pré-Copa do Nordeste de 2021, devido a sua posição no ranking da CBF, e vindo de duas temporadas na Série C, o Globo luta para conseguir voltar a terceira divisão nacional. Sob o comando do treinador Renatinho Potiguar, a águia de Ceará-Mirim, como é conhecida a equipe, é uma das candidatas a conseguir a classificação no grupo A3.

Salgueiro-PE

O organizado clube pernambucano vive um dos melhores momentos de sua curta história. Acostumado a figurar na Série C do Campeonato Brasileiro e ate na Série B no ano de 2011, a equipe conseguiu a façanha de ser o primeiro clube do interior do estado a vencer o Campeonato Estadual, e manteve praticamente toda a equipe que conseguiu o feito, destaque para o experiente atacante Ciel, bastante rodado pelo futebol nordestino e para o treinador português Daniel Neri, que busca seu primeiro acesso na carreira.

Guarany de Sobral-CE

A equipe cearense foi uma das que mais sentiu a pandemia. O clube que vivia boa fase no estadual, teve que rescindir o contrato de todos os jogadores e concluir o campeonato com atletas da base emprestados por Fortaleza e Ceará, ainda assim conseguiu chegar as semifinais. Para a Série D, o clube se reformulou e foi contratado o treinador Wallace Lemos.

Fonte e Redação /Jogo em Foco

Por:João Antônio

 

Portal Alto Sertão.com.br- A Noticia com responsabilidade

COMPARTILHAR