Desrespeito e vergonha nacional discípulos de Bosco Fernandes, fazem festa e carreata em Uiraúna-PB em plena pandemia do Coronavírus

Foto: Reprodução/TV Globo

Prefeito paraibano gravado com dinheiro na cueca tem liberdade concedida pelo STF.

O prefeito de Uiraúna (PB), João Bosco Nonato Fernandes (PSDB), foi posto em liberdade nesta sexta-feira (03). Ele havia sido preso em janeiro  após ser flagrado pela Polícia Federal (PF) recebendo propina de R$ 25 mil, o dinheiro seria enviado ao deputado federal afastado Wilson Santiago (PTB).

O vídeo e o áudio do encontro foram anexados à representação policial que culminou na Operação Pés de Barro.

A ‘Pés de Barro’ apura supostos desvios de recursos da construção da Adutora Capivara, no sertão paraibano. Segundo as investigações, entre outubro de 2018 e novembro de 2019, a empresa Coenco Construções, responsável pela obra, pagou R$ 1,2 milhão em propinas a Wilson Santiago e R$ 633 mil ao prefeito considerado o ”rei da cueca”.

A liberdade de João Bosco foi concedida sob o pagamento de fiança de R$ 522.500,00. A defesa do prefeito afastado disse que está tentando diminuir o valor da fiança, mas que a família já está levantando o valor para liberá-lo do presídio segunda-feira, em João Pessoa.

Num total desrespeito e vergonha nacional, discípulos de Bosco Fernandes, fizeram festa e carreata em Uirauna-PB, que pena para uma cidade tão bonita e de pessoas do bem, que tiveram de compartilhar com tamanha falta de vergonha e respeito em plena pandemia do Coronavírus.

Força  ao povo do bem de Uiraúna, para vencer agora duas pandemias!!!

 

Portal Alto Sertão.com.br- A Noticia com responsabilidade

COMPARTILHAR