Dois jogadores são desligados por descumprirem regras do isolamento no Atlético de Cajazeiras

Egon o protagonista do processo— Foto: Kyioshi Abreu / Atlético-PB

O zagueiro Egon e o lateral Jakinha foram desligados do elenco do Atlético de Cajazeiras. O anúncio do afastamento dos dois jogadores partiu da própria diretória do Trovão Azul. A alegação é que Egon e Jakinha descumpriram o protocolo de isolamento social adotado pelo Atlético. A informação do Atlético consta em nota publicada no Instagram do clube, nesta segunda-feira (22).

Ainda de acordo com o comunicado, os atletas deixaram de seguir “as orientações e recomendações dos profissionais de saúde, burlando o isolamento social obrigatório, após a testagem”.

A diretoria do Atlético garantiu que “todos os direitos dos atletas serão acertados, como também todo suporte para o retorno às suas cidades”. O clube agradeceu aos dois jogadores. “Fica nosso agradecimento de desejo de sucesso aos grandes atletas que defenderam as cores alviazulinas, nas temporadas de 2019 e 2020”.

O clube garante novas punições caso outros jogadores cometam o mesmo erro. “O Trovão Azul do Sertão será intransigente com todos que burlarem o protocolo de retomada das atividades e que possamos retomar os trabalhos presenciais de forma segura para todos”, afirma nota assinada pelo diretor de futebol do Atlético, Alysson de Sousa Lira.

Egon pivô

O zagueiro Egon é o pivô da denúncia de possível irregularidade que é acompanhada pela Justiça Desportiva. O jogador é suspeito de ter atuado no Campeonato Paraibano de maneira irregular.

Na semana passada, o Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba, julgou pela anulação da pena. Mas, o caso deve voltar a ser analisado pelo Superior Tribunal de Justiça da CBF.

*Por: Franco Ferreira/Portal Correio

 

Portal Alto Sertão.com.br -A Noticia com responsabilidade

COMPARTILHAR