Inauguração do hospital de campanha em Juazeiro expande número de vagas exclusivas para Covid-19

Com 80 leitos clínicos, o Hospital de Campanha de Juazeiro do Norte, dedicado exclusivamente ao tratamento da Covid-19, será entregue nesta sexta-feira (3) pela Prefeitura Municipal. A unidade já deverá receber os primeiros pacientes a partir desse sábado(4). A unidade funcionará dentro do Ginásio Poliesportivo, ao lado do Hospital Regional do Cariri (HRC), que recebe os enfermos em estado mais grave.

Ao todo, o novo hospital contará com 120 leitos, mas os primeiros 80 já foram montados e entram em funcionamento com todo sistema de climatização instalado, contando com filtragem especial.

Das 80 vagas, seis são leitos semi-intensivos, o eixo vermelho, para os pacientes que estão evoluindo para o estado grave e poderão ser tratados ou até transferidos para o Hospital Regional do Cariri (HRC), nos casos de maior gravidade. Os outros 74 leitos serão destinados ao tratamento clínico, para os pacientes estáveis.

O hospital também contará com duas farmácias centrais e dois postos de enfermagem, repousos médicos e banheiros, abrigos de resíduos, local para a guarda dos gases, além de estacionamento. Toda a área do entorno do Ginásio Poliesportivo, por onde entrarão os pacientes, recebeu asfaltamento, para facilitar a mobilidade.

O prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, ressaltou que este é mais um espaço para oferecer condições de segurança, qualidade, conforto e tecnologia durante o tratamento. “Estamos trabalhando na prevenção, mas também no tratamento clínico. Com suporte, poderemos abrigar os pacientes que precisem, mas queremos abrir o olho para que cada cidadão siga com os cuidados”, reforçou.

Em visita à nova unidade, a promotora de Justiça, Alessandra Magda Ribeiro enfatiza que o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) vem acompanhando, monitorando e cobrando as ações do Município e do Estado em relação à prevenção, ao combate e tratamento da covid-19.

“Deixar claro que não é porque existe um hospital de campanha com um número considerado de leitos que a população pode circular livremente. Ainda não existe cura, vacina. O que temos de eficaz é o distanciamento social e o uso de máscara”, destaca.

O procurador da República Celso Costa Leal, ficou satisfeito com a estrutura do novo equipamento de saúde. “O Hospital Regional será desafogado. Com isso, esperamos que a região do Cariri consiga passar por essa pandemia da melhor forma possível. Estamos confiantes que com esta última unidade, tudo vai dar certo”, acredita o representante do do Ministério Público Federal.

Ampliação

A terra do Padre Cícero também conta com 32 leitos da Unidade de Combate à covid-19, instalado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do bairro Lagoa Seca. Lá, as vagas são exclusivas para pacientes de Juazeiro do Norte.

A região de Saúde do Cariri, composta por 45 municípios no Sul e Centro-Sul do Estado, está com uma taxa de ocupação dos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) de 74,67%. Ao todo, dispõe de 141 vagas e 112 estão preenchidas. Os leitos de UTI adulto apresentam ocupação de 81,2%, enquanto a infantil chega a 26,67%, já para gestantes e neonatal estão com todas as vagas disponíveis.

Já os leitos de enfermaria na região regulados pelo Estado somam 577. Este número não inclui as vagas disponibilizadas nas unidades de saúde municipais, dedicadas aos moradores dos seus municípios, como as 32 vagas da UPA Lagoa Seca, de Juazeiro do Norte. Com 112 pacientes, a taxa de ocupação chega a 25,13%.

Fone/diariodonordeste.verdesmares.com.br

 

Portal Alto Sertão.com.br- A Noticia com responsabilidade

COMPARTILHAR