Ministro do STF nega pedido da defesa e prefeito de Uiraúna permanece preso

Foto/reprodução TV Globo

O Ministro do STF, Gilmar Mendes indeferiu, na tarde desta quarta-feira (12), o pedido dos advogados do prefeito de Uiraúna, Bosco Fernandes.

Ao negar o pedido de Habeas Corpus, o ministro citou que fosse designado um especialista psiquiátrico para avaliar a saúde mental do prefeito, com possibilidade de tratamento na Penitenciária de Segurança Máxima Doutor Romeu Gonçalves de Abrantes, em João Pessoa, onde se encontra recolhido desde dezembro de 2019, após ser preso na “Operação Pés de Barro”.

 

Portal Alto Sertão com Paraibaja.com.br

COMPARTILHAR