Pediatra do Isea e FAP, morre vítima de Covid-19 na Paraíba

Foto reprodução

Morreu, nesta quinta-feira (23), a pediatra e neonatalogista Ana Lúcia Freire Cantalice, vítima de Covid-19. Ela trabalhava no Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea) e na Fundação Assistencial da Paraíba (FAP), em Campina Grande, mas estava na Capital para tratamento de complicações da doença.

A morte da médica foi confirmada pelo prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, em nota à imprensa. O gestor destacou que Ana Lúcia Cantalice desempenhava um trabalho de excelência. “A doutora Ana era uma militante das boas causas na área de Saúde e se desdobrava em cuidados especiais a seus pequenos pacientes”, disse Romero.

Durante a pandemia do novo coronavírus, Ana Lúcia Cantalice foi uma das apoiadoras do projeto ‘Feliz Shield’, que personaliza com animações os protetores faciais de profissionais que atendem crianças para deixá-las mais confortáveis no ambiente hospitalar.

Uma homenagem à memória da médica será realizada na tarde desta quinta-feira, no Isea.

Fonte/Portal Correio

 

Portal Alto Sertão.com.br- A Noticia com responsabilidade

COMPARTILHAR